Murrelektronik: Emparro fontes de alimentação de última geração
Informação profissional para a indústria alimentar portuguesa

Atualidade da produção

Reunião da PARCA deve criar condições para aumentar o preço do leite

Os produtores de leite estão há seis meses a suportar aumentos brutais nos custos de alimentação das vacas leiteiras. A nossa margem já era quase nula, porque recebemos o mesmo preço há mais de 20 anos e suportámos aumentos no custo da energia, da mão de obra e de todos os fatores de produção.

Denios
Foto de Codificação no setor alimentar

Codificação no setor alimentar

Há 50 anos, em 1971, líderes de algumas das maiores empresas produtoras internacionais, nomeadamente, Heinz, General Mills, Kroger e Bristol Meyer, reuniram-se em Nova Iorque para criar a sequência numérica que transformaria a economia global para sempre: o Global Trade Item Number, conhecido como GTIN.

Foto de Segurança alimentar e segurança dos alimentos

Segurança alimentar e segurança dos alimentos

Comecemos por distinguir Segurança Alimentar de Segurança de Alimentos. Este último está definido na ISO 22000 como: “garantia de que o alimento não causará efeitos adversos à saúde do consumidor quando preparado e/ou consumido de acordo com o uso pretendido”. Enquanto que podemos referir Segurança Alimentar como: "um direito de todos ao acesso do alimento de qualidade com um alto teor nutricional e em quantidade suficiente para garantir uma vida saudável"...

Foto de Getac F110: tablet industrial de nova geração combina desempenho, versatilidade e robustez

Getac F110: tablet industrial de nova geração combina desempenho, versatilidade e robustez

A Getac anunciou recentemente o lançamento da nova geração de tablets F110, que são, em simultâneo, potentes, robustos e fáceis de transportar. Um tablet destinado a profissionais em movimento, que trabalham em ambientes difíceis incluindo indústrias de processo e setores como o automóvel, de defesa, segurança pública, serviços públicos e transporte & logística.

Foto de Formulações: da mão da Anvisa para a indústria da carne

Formulações: da mão da Anvisa para a indústria da carne

A Anvisa é especialista em preparados e aditivos para a indústria da carne. Para além da transação comercial, esta empresa proporciona valor acrescentado através da inovação e melhoria contínua em todos os elementos da cadeia de valor. Sempre com a segurança alimentar em mente, o constante progresso tecnológico é a marca distintiva da identidade da Anvisa.

Foto de Entrevista com Pedro Queiroz, Diretor-geral da FIPA

Entrevista com Pedro Queiroz, Diretor-geral da FIPA

A pandemia de Covid-19 teve um forte impacto na indústria alimentar, o maior setor industrial em Portugal, por via, principalmente, do fecho do canal HoReCa, mas o diretor-geral da Federação das Indústrias Portuguesas Agroalimentares (FIPA) assegura: “A indústria saberá adaptar-se aos novos tempos, empreender as mudanças necessárias, inovando e trazendo novas experiências aos consumidores, para dar a volta a esta situação”...

Foto de Telas metálicas no setor da pastelaria: uma solução Juncor

Telas metálicas no setor da pastelaria: uma solução Juncor

A Campbelt, marca representada em Portugal pela Juncor, especialista em telas transportadoras metálicas, desde 1988 colabora nos processos de elaboração deste bolo tão popular com um número de produção que ultrapassa os 30.000 milhões de unidades por ano.

Foto de Novo Scara Fanuc SR-20iA combina design robusto e compacto com elevada capacidade de carga

Novo Scara Fanuc SR-20iA combina design robusto e compacto com elevada capacidade de carga

A Fanuc apresentou o quarto modelo da sua linha de robôs Scara, o SR-20iA. O robô Scara mais forte da marca japonesa tem uma capacidade de carga de até 20 kg, uma inércia do punho de 0,45kgm2 e ocupa uma área reduzida o que abre novas possibilidades ao nível do 'pick & place', montagem e manipulação de material, teste/inspeção e embalagem numa vasta gama de indústrias.

Foto de Como componentes normalizados permitem reduzir custos associados a máquinas

Como componentes normalizados permitem reduzir custos associados a máquinas

A manutenção e revisão de máquinas representam os maiores custos no fabrico e produção. David Messant, Diretor de Produção da norelem, analisa como a utilização de componentes normalizados pode reduzir estes custos e fazer com que as máquinas não necessitem de manutenção o máximo possível.

Jaba: tradução 4.0

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

ialimentar.pt

iAlimentar - Informação profissional para a indústria alimentar portuguesa

Estatuto Editorial