Talleres Filsa, S.A.U.
Informação profissional para a indústria alimentar portuguesa

TECMEAT: o Centro que potencia a inovação no setor das carnes

Paulo Cadeia | Diretor Executivo do TECMEAT19/01/2023

Um novo Centro de Competências do Agroalimentar para o Setor das Carnes (TECMEAT), vocacionado para este setor, foi criado no concelho de Vila Nova de Famalicão.

foto

Esta associação privada, e sem fins lucrativos, tem por objetivo potenciar o aumento da competitividade e da inovação das empresas produtoras e transformadoras do setor das carnes através do desenvolvimento científico e tecnológico e através da formação e qualificação de técnicos para o setor.

Integrado no espaço CIIES – Centro de Inovação, Investigação e Ensino Superior, na freguesia de Vale S. Cosme (antiga Escola Cooperativa Didáxis), um ecossistema de I&D onde se encontram já instalados polos da Universidade do Minho assim como do Instituto Politécnico do Cave e Ave, o TECMEAT está edificado num espaço disponibilizado pela Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão com cerca de 750m2.

Com um investimento que rondou cerca de 1 milhão de euros, financiado pelo Norte 2020, este novo centro tecnológico é constituído por:

  • um Laboratório de Microbiologia, destinado à realização de testes e ensaios, bem como, ao controle do produto acabado com base nas normas de fabrico e na legislação existente orientadas para a qualidade e para a segurança dos produtos;
  • uma Unidade Piloto para a simulação dos processos industriais, onde é possível simular toda uma unidade produtiva de processamento de carnes, destinada ao desenvolvimento de novos processos para a industrialização de produtos mais seguros, de maior qualidade, de valor acrescentado elevado, mas também, à utilização desta unidade para a formação de técnicos destinados o setor.
Com a conclusão da implementação do projeto de infraestruturas e sua apresentação pública, realizada no final de setembro de 2022 através da conferência internacional MEAT MEETINGS’22, este novo Centro de Competências, já partir do primeiro trimestre de 2023, abre as suas portas à indústria, disponibilizando as suas competências e os seus serviços e convidando as empresas a se tornarem sócias e a usufruírem de um conjunto de regalias inerentes a esta categoria, tais como descontos nos serviços do TECMEAT e acesso privilegiado a um conjunto de informação gerada pelos seus técnicos altamente qualificados.

Durante o seu processo de implementação, o TECMEAT trabalhou em 3 documentos que serão disponibilizados ao setor, e que estamos certos de que vão contribuir para o aumento da competitividade desta indústria:

  • Plano de Formação – Desenvolvido um referencial de formação com uma forte proximidade de relação à indústria, não apenas através da Unidade Piloto do TECMEAT, mas também, contemplando processos de formação a serem implementados em contexto e ambientes produtivos;
  • Plano de Business Intelligence – Documento que agrega um conhecimento detalhado das tendências tecnológicas para o setor das carnes e os principais desafios que se vão deparar num futuro próximo;
  • Sistema de Vigilância Tecnológica – Apresentação de uma metodologia e de um documento que identifica e reúne informação tecnológica de diferentes inputs: indústria, entidades científicas; feiras; fornecedores tecnológicos; networking internacional; entre outros.

Orientado a toda a Indústria das Carnes, as atividades do TECMEAT centram-se nos seguintes pontos:

  • Testes e ensaios avançados e controlo de qualidade no produto;
  • I&D + Inovação orientada ao desenvolvimento de novos produtos e serviços;
  • Formação em ambiente laboratorial e empresarial;
  • Transferência de know-how e de tecnologia para o setor;
  • Networking e cooperação nacional e internacional.
foto

O TECMEAT nasce, assim, de uma visão da Município de Vila Nova de Famalicão, com um conjunto de 12 sócios fundadores composto por associações, entidades do sistema científico e entidades do ensino superior que se relacionam com esta indústria:

  • Associação de Matadouros e Empresas de Carnes de Portugal - AMECAP
  • Associação Integralar – Intervenção de Excelência no Setor Agroalimentar
  • C.E.S.P.U. – Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário
  • Centro de Nanotecnologia e Materiais Técnicos, Funcionais e Inteligentes – CENTITVC
  • Centro Tecnológico das Indústrias Têxtil e do Vestuário de Portugal – CITEVE
  • CONFAGRI – Confederação Nacional das Cooperativas Agrícolas e do Crédito Agrícola de Portugal
  • FPAS – Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores
  • Fundação Minerva – Universidade Lusíada
  • Instituto politécnico de Viana do Castelo
  • Universidade Católica Portuguesa
  • Universidade de Trás-os-Montes e alto Douro
  • Universidade do Minho

O TECMEAT é um novo centro tecnológico que nasce na região norte de Portugal, mas que se encontra virado para todo o país, assim como para o mundo, colmatando uma necessidade há muito sentida neste setor: a criação de um centro de competências que atuará como interface entre a indústria e a comunidade científica com vista a estabelecer uma rede de parceiros que congreguem competências técnicas e científicas no desenvolvimento e promoção da indústria das carnes.

LFAEmpack - Logistics & Automation 19 - 20 abril 2023

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal - Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

Responsable: Interempresas Media, S.L.U. Finalidades: Assinatura da(s) nossa(s) newsletter(s). Gerenciamento de contas de usuários. Envio de e-mails relacionados a ele ou relacionados a interesses semelhantes ou associados.Conservação: durante o relacionamento com você, ou enquanto for necessário para realizar os propósitos especificados. Atribuição: Os dados podem ser transferidos para outras empresas do grupo por motivos de gestão interna. Derechos: Acceso, rectificación, oposición, supresión, portabilidad, limitación del tratatamiento y decisiones automatizadas: entre em contato com nosso DPO. Si considera que el tratamiento no se ajusta a la normativa vigente, puede presentar reclamación ante la AEPD. Mais informação: Política de Proteção de Dados

ialimentar.pt

iAlimentar - Informação profissional para a indústria alimentar portuguesa

Estatuto Editorial