Informação profissional para a indústria alimentar portuguesa

2 milhões de euros para setor das Pescas e Aquicultura compensar custos energéticos

19/09/2022
foto
Pagamento foi efetuado na passada sexta-feira, dia 16 de setembro.
O governo anunciou ter liquidado a segunda tranche de pagamentos das candidaturas, referentes ao apoio dado ao setor das Pescas e Aquicultura para este compensar os custos energéticos. O montante pago foi de 2 milhões de euros.

Segundo informações disponibilizadas pelo governo foram aprovados 795 pedidos de apoio, o que representa mais de 80% do total de pedidos apresentados, dos quais 754 já foram pagos aos beneficiários, decorrido cerca de um mês e meio após o termo do prazo de submissão de candidaturas.

O governo informa ainda que o apoio financeiro já disponibilizado aos operadores económicos do sector da pesca, da aquicultura e da transformação e comercialização de pescado ascende a 4,95 milhões de euros. Este apoio visa compensar os custos adicionais de energia suportados pelas empresas entre 24 de fevereiro e 30 de junho, por aplicação de 30% ao valor dos custos médios de energia suportados pelos operadores económicos em 2019, ano anterior à pandemia e que, como tal, reflete o normal funcionamento do mercado.

De realçar que encontra-se, ainda, a decorrer, até 13 de outubro, novo período de submissão de candidaturas para compensação destes mesmos sobrecustos energéticos, suportados pelos operadores económicos nos meses de julho e agosto de 2022.

LFAExposalão - Centro de Exposições, S.A. : expo Alimenta

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal - Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

Responsable: Interempresas Media, S.L.U. Finalidades: Suscripción a nuestra(s) newsletter(s). Gestión de cuenta de usuario. Envío de emails relacionados con la misma o relativos a intereses similares o asociados.Conservación: mientras dure la relación con Ud., o mientras sea necesario para llevar a cabo las finalidades especificadasCesión: Los datos pueden cederse a otras empresas del grupo por motivos de gestión interna.Derechos: Acceso, rectificación, oposición, supresión, portabilidad, limitación del tratatamiento y decisiones automatizadas: contacte con nuestro DPD. Si considera que el tratamiento no se ajusta a la normativa vigente, puede presentar reclamación ante la AEPD. Más información: Política de Protección de Datos

ialimentar.pt

iAlimentar - Informação profissional para a indústria alimentar portuguesa

Estatuto Editorial