Informação profissional para a indústria alimentar portuguesa

Três milhões de quilos de Dona Uva vão chegar à mesa dos portugueses em 2022

03/08/2022
A época da uva de mesa portuguesa já arrancou em força. Marca da Frutalmente é produzida em 200 hectares nas regiões do Ribatejo, Oeste e Alentejo.
foto
A colheita da uva de mesa Dona Uva já arrancou com as primeiras variedades Cardinal (preta com grainha) e a Uva branca sem grainha. A Frutalmente, que detém a marca Dona Uva, estima para este ano uma produção de três milhões de quilos de uva de mesa, produzidos em 200 hectares nas regiões do Ribatejo, Oeste e Alentejo. As Uvas Dona Uva estão disponíveis nos principais hiper e supermercados de todo o País.

Em linha com o ano passado, a produção de uva de Mesa Dona Uva apresenta caraterísticas únicas de textura e sabor, fazendo jus à promessa da marca de produzir uvas 'Naturalmente Doces' nas variedades Cardinal, Red Globe, Rosadas sem grainha, Michelle Palieri, Brancas sem grainha, Vitória e Dona Maria.

As uvas Dona Uva crescem ao ar livre de forma tradicional, no sistema Y. Neste sistema, os cachos crescem em troncos mais altos, o que permite aumentar a produção e a rentabilidade da colheita, mas também reduzir a utilização de água e de fertilizantes.

Recorde-se que a Dona Uva venceu em 2022, pelo quarto ano consecutivo, o Prémio Cinco Estrelas na categoria Fruta, revelando assim, uma vez mais, a preferência dos consumidores, pela marca de uvas de mesa 100% produzidas em Portugal, com uma classificação final de 79,9%, a mais elevada desde 2019, ano em que concorreu pela primeira vez a este prémio.
Exposalão - Centro de Exposições, S.A. : expo AlimentaLFA

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal - Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

ialimentar.pt

iAlimentar - Informação profissional para a indústria alimentar portuguesa

Estatuto Editorial