Informação profissional para a indústria alimentar portuguesa

Secretário de Estado da Agricultura sublinha importância do setor vitivinícola para o País

16/07/2021

Declarações de Rui Martinho na reunião do Conselho Consultivo do Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto (IVDP).

foto
O Secretário de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Rural Rui Martinho presidiu, a 14 de julho, ao Conselho Consultivo IVDP que teve lugar na cidade de Peso da Régua.
Durante a intervenção salientou a importância que o setor vitivinícola tem para o País evidenciada, também, pelas exportações que ocorreram em 2020.
Adiantou igualmente sobre a importância de um trabalho em articulação com o setor e da sua disponibilidade e do Ministério da Agricultura para encetar políticas num quadro de proximidade com a Região Demarcada do Douro que possibilitem valorizar toda a fileira e a Região Demarcada do Douro (RDD) em particular.
Referindo-se ao Ministério da Agricultura e ao apoio ao setor, aludiu que estas medidas passaram entre outras pela execução integral do Programa Nacional de Apoio ao Setor Vitivinícola, com pagamentos no valor de €65M, onde se inclui o apoio à promoção em países terceiros que totalizou cerca de 11 milhões de euros, associado a um investimento de mais de 22 milhões.
Abordou o acordo político da maior importância, a PAC, sob a égide da Presidência Portuguesa da União Europeia, que reforça a sustentabilidade e a resiliência do setor, e que valoriza as dimensões social, ambiental e económica tão importantes na RDD.
foto
Os Conselheiros referiram-se aos problemas que importa solucionar a curto prazo, sendo unânime a premência de criar soluções tendentes a valorizar as uvas da RDD e o valor dos seus vinhos, garantindo a sustentabilidade da região. Foram ainda referidos temas como a formação profissional, o enoturismo, a promoção, os seguros de colheitas e a falta de mão de obra.
Foi também referenciado o interesse da qualificação do território e o reforço da estratégia ao nível do Ministério da Agricultura na interligação com as regiões do interior. A situação económica vivida no ano de 2020 e o modelo de autonomia administrativa do IVDP foram abordados, numa lógica de eficácia de recursos e de gestão e decisão mais célere.
O Presidente do IVDP, Gilberto Igrejas, sintetizou o exercício de 2020 realçando o pilar da sustentabilidade como essencial para que a missão do IVDP seja desenvolvida na sua plenitude.
Apresentou sinteticamente algumas das ações que o IVDP desenvolverá durante o ano de 2021, designadamente na área da promoção e internacionalização das marcas Porto e Douro, as quais visam aumentar o seu valor percebido e atrair novos consumidores conquistando relevância junto de um público mais jovem. Foram apresentados os projetos de modernização administrativa e de interligação com o setor e com as instituições de ensino superior.
Jaba: tradução 4.0

Subscrever a nossa Newsletter

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

ialimentar.pt

iAlimentar - Informação profissional para a indústria alimentar portuguesa

Estatuto Editorial