Informação profissional para a indústria alimentar portuguesa

Volvo Trucks pronta para eletrificar grande parte do transporte de mercadorias

iAlimentar29/04/2021
Com o início das vendas no final deste ano de três novos modelos de gama alta totalmente elétricos, a Volvo Trucks acredita que chegou o momento de acelerar a adoção da eletrificação no transporte rodoviário pesado.
foto
Esta perspetiva positiva baseia-se na capacidade dos camiões elétricos da Volvo de satisfazerem uma grande variedade de necessidades de transporte. Na UE, por exemplo, será possível eletrificar num futuro próximo quase metade de todos os transportes por camião.
Os grandes compradores de transportes nacionais e internacionais estão a mostrar um forte interesse nos veículos elétricos. Isso decorre dos seus próprios objetivos climáticos ambiciosos, bem como da exigência por parte dos consumidores para a descarbonização e transportes mais limpos.
“As empresas de transporte apercebem-se cada vez mais da necessidade de iniciar de imediato a sua viagem na eletrificação, tanto pensando no ambiente como por razões competitivas, de modo a satisfazer os requisitos dos clientes para um transporte sustentável. Com a vasta oferta da Volvo Trucks, torna-se viável para muito mais empresas de transporte abraçar a eletrificação”, diz Roger Alm, Presidente da Volvo Trucks.

Com o início das vendas dos novos modelos elétricos Volvo FH e Volvo FM, o transporte eletrificado é agora possível não apenas em zonas urbanas, mas também no tráfego regional entre cidades. Além disso, o novo modelo elétrico Volvo FMX cria novas formas de tornar as operações de transporte na construção mais limpas e silenciosas.

A produção dos novos modelos elétricos para a Europa terá início no próximo ano. Juntam-se ao Volvo FL Elétrico e ao Volvo FE Elétrico para transportes urbanos, que se encontram em produção em série desde 2019.

Na América do Norte, as vendas do VNR Elétrico começaram em dezembro do ano passado. Com os novos modelos de camiões, a Volvo Trucks tem atualmente uma linha de seis camiões elétricos médios e pesados, o que a torna na mais completa gama de camiões elétricos comerciais do setor.

foto

Permite cobrir quase metade das necessidades de transporte da UE

Com a adição dos novos produtos com maior capacidade de carga, linhas motrizes mais potentes e uma autonomia de até 300 km, o portfólio elétrico da Volvo Trucks permite cobrir cerca de 45% de todas as mercadorias transportadas atualmente na Europa, revelam os estudos*. Isto permite contribuir de forma importante para a redução do impacto climático do transporte rodoviário de mercadorias, que de acordo com as estatísticas oficiais representa atualmente cerca de 6% do total de emissões de CO2 na UE.

“Há um enorme potencial para eletrificar os transportes por camião na Europa e noutras partes do mundo, num futuro muito próximo”, diz Roger Alm. “Para o provar, estabelecemos o ambicioso objetivo de que os camiões elétricos representem pelo menos metade das nossas vendas na Europa até 2030. E os três novos camiões de gama alta que agora estamos a lançar marcam um passo gigantesco no sentido de atingir esse objetivo”, salienta.

Além dos veículos elétricos, o programa de eletrificação da Volvo Trucks inclui um ecossistema completo com numerosas soluções de assistência, manutenção e financiamento, bem como outras opções que podem ajudar a facilitar uma transição mais rápida para o transporte eletrificado. A abordagem holística ajuda os clientes a manterem a produtividade e a controlarem a sua nova frota de transporte elétrico.

“As soluções completas de transporte eletrificado que podemos fornecer, juntamente com a nossa rede global de concessionários e oficinas de assistência, desempenharão um papel vital para garantir o sucesso dos nossos clientes”, acredita Roger Alm.

Olhando para o futuro, mesmo os transportes pesados de longa distância poderão realizar-se em veículos elétricos. Para satisfazer o desafio das exigências tanto de uma elevada capacidade de carga como de uma muito maior autonomia, a Volvo Trucks planeia utilizar células de combustível de hidrogénio para gerar eletricidade.

“Esta tecnologia encontra-se em rápido desenvolvimento e a nossa ambição é também a de eletrificar a condução de longa distância, utilizando tanto baterias como células de combustível”, afirma Roger Alm. “O nosso objetivo é começar a vender camiões elétricos a células de combustível na segunda metade desta década; estamos confiantes de que podemos fazer com que isso aconteça”.

foto
Jaba: tradução 4.0

Subscrever a nossa Newsletter

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

ialimentar.pt

iAlimentar - Informação profissional para a indústria alimentar portuguesa

Estatuto Editorial